Publicado por: sdaviseu | 5 de Março de 2013

Aveiro: Bispo convida diocese para o «Dia do Deserto»

D. António Francisco dos Santos perspetiva próximas ações da Missão Jubilar

O bispo de Aveiro, D. António Francisco dos Santos, está a convidar os católicos a aderirem ao ‘Dia do Deserto’, “verdadeiro retiro quaresmal” a decorrer entre sexta-feira e domingo nos arciprestados, principais pontos da diocese.

A iniciativa pretende testemunhar a “comunhão de pessoas, grupos e comunidades”, que através do “silêncio” e “oração” sensibilizam a sociedade “para o mais importante da vida e para o essencial da fé”, que é “o encontro com Deus e com os irmãos”, escreve o prelado em mensagem à diocese, enviada à Agência ECCLESIA.

O responsável sublinha que o sacramento da Reconciliação (confissão), oferecido em todas as comunidades durante a Quaresma, “e de modo muito significativo” no ‘Dia do Deserto’, acentua a “experiência íntima e profunda de conversão interior e de encontro com Deus”.

D. António salienta que a Quaresma é um “tempo abençoado de graça a provocar caminhos de conversão e a oferecer oportunidades de maior aproximação de Deus”.

Na próxima segunda-feira é proposto aos fiéis que se vistam ou usem um símbolo da “Missão Jubilar”, conjunto de iniciativas para assinalar os 75 anos da restauração da diocese, que ocorrem em 2013.

“Anunciemos com este gesto, no próximo dia 11 e sempre, a nossa alegria de crer em Deus e o nosso entusiasmo de comunicar a fé, mostrando com alegria que somos cristãos: ‘Um dia vou vestir a camisola…Hoje é o dia!’, apela.

O texto episcopal também convoca os católicos a participar na encenação da Paixão de Cristo, que a 16 e 17 de março sobe ao palco no Centro Cultural de Ílhavo.

“Aí nos encontraremos, nesses dias, em momentos de arte e em testemunhos de pedaços do evangelho com o mistério da paixão de Jesus, transformado em milagre de esperança e de redenção para a Humanidade”, assinala o bispo aveirense.

O responsável pede orações pelos cardeais que dentro de alguns dias vão escolher o Papa, “para que, inspirados pelo Espírito e atentos aos sinais de novos tempos, possam eleger aquele que o Espírito de Deus escolhe”.

“Queremos partilhar com o novo Sucessor de Pedro a comunhão na mesma fé e com ele assumir com novo vigor e renovado encanto a paixão pela missão”, vinca D. António.

A mensagem desafia os fiéis a participarem “com alegria e com fé nos momentos marcantes” da Semana Santa, que começa no Domingo de Ramos e termina na Páscoa.

Referindo-se às catequeses que estão a decorrer, o prelado destaca que partilhou “a alegria, a generosidade e o testemunho dos missionários, que percorreram todos os caminhos da Diocese, para levar a alegria de crer e o entusiasmo de comunicar a fé”.

“Senti em cada lugar a participação significativa de tão numerosos cristãos com os seus párocos, no mesmo dia, à mesma hora e sobre o mesmo tema”, assinala.

A exposição ‘Diocese de Aveiro – Presente e Memória’, patente no Museu de Aveiro, é também mencionada por D. António, para quem “a arte é uma janela através da qual a Igreja deve sonhar o futuro e olhar o mundo para daí abrir a porta ao diálogo com a cultura” e “ouvir os desafios que hoje se lançam à evangelização”.

A Quaresma é um período de 40 dias em que os católicos são chamados a práticas penitenciais de jejum, oração e esmola para preparar a Páscoa, a festa mais importante do calendário cristão, que evoca a ressurreição de Jesus.

RJM | in agência ecclesia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: